Daniela Ruah, Catarina Furtado, Sílvia Alberto e Filomena Cautela serão as apresentadoras do Festival Eurovisão da Canção, que se realiza este ano pela primeira vez em Portugal. Depois de alguns rumores e de várias apostas nas redes sociais, a RTP confirmou esta segunda-feira, 8 de janeiro, a escolha das caras que terão a missão de conduzir as duas semifinais e a final do evento.

Catarina Furtado, Sílvia Alberto e Filomena Cautela têm nos últimos anos abraçado diversos projetos na RTP1. Já Daniela Ruah tem-se destacado internacionalmente na  série “Investigação Criminal: Los Angeles”.

Atualmente, Filomena Cautela conduz todas as quinta-feiras o talk show "5 para a meia-noite". A apresentadora tem ainda uma carreira na representação, tendo recentemente participado na série " Ministério do Tempo", da RTP1. Em 2017, foi a porta-voz do Festival Eurovisão da Canção 2017 onde revelou os votos de Portugal a nível do júri nacional.

Já Catarina Furtado é um dos principais rostos do canal do operador público. "The Voice Portugal", "Danças do Mundo" e "Cook-Off: Duelo de Sabores" foram os últimos programas conduzidos pela apresentadora da RTP1 que, desde 2000, é Embaixadora de Boa Vontade do UNFPA - Fundo das Nações Unidas para Actividades Populacionais.

Eurovisão - apresentadoras

Sílvia Alberto conduz atualmente o magazine semanal da RTP1 "Sociedade Recreativa", sendo também apresentadora de "Got Talent Portugal" e "Os Extraordinários". Em 2017, tal como Cataria Furtado, conduziu a final do Festival da Canção da RTP, que terminou com a vitória de Salvador Sobral.

A atriz Daniela Ruah iniciou a sua carreira no mundo da representação aos 16 anos, na televisão portuguesa, e aos 18 anos partiu para o Reino Unido para estudar na London Metropolitan University. Em 2007 mudou-se para Nova Iorque para iniciar a sua carreira internacional e estudar na Lee Strasberg Theatre and Film Institute. Dois anos depois, juntou-se ao elenco da série “Investigação Criminal: Los Angeles”, onde dá corpo à agente especial Kensi Blye.

As apresentadoras vão ter a missão de conduzir as duas semifinais e a final da Eurovisão. O evento está agendado para 8, 10 e 12 de maio e vai decorrer no Parque das Nações, espaço que incluiu várias infraestruturas e onde se insere a Altice Arena.

"All aboard" é o slogan do festival que se realiza pela primeira vez em Portugal. O design da Eurovisão vai ser inspirado no mar e na história portuguesa.

Em Lisboa são esperados mais de 2.000 profissionais relacionados com o festival e 1.500 jornalistas, além de 30.000 fãs e visitantes.

O festival realiza-se desde 1956 e Portugal concorre desde 1964, quando apresentou em Copenhaga a canção "Oração", defendida por António Calvário.

No orçamento para o próximo ano, ao qual a agência Lusa teve acesso, a receita proveniente da Taxa Municipal Turística é estimada em 14,5 milhões de euros.

Aprovada em 2014, a Taxa Municipal Turística começou a ser aplicada em janeiro de 2016 sobre as dormidas de turistas nacionais (incluindo lisboetas) e estrangeiros nas unidades hoteleiras e de alojamento local, sendo cobrado um euro por noite até um máximo de sete euros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.