O trabalho segue o mesmo estilo da abertura das temporadas anteriores, mas tem como grande surpresa a aparição da personagem, pela primeira vez, junto com Brau (Lázaro Ramos). De acordo com Alexandre Romano, director de arte da Globo e um dos responsáveis pela criação da abertura, o filme brinca com a ascensão de Michele, explorando bastante a atitude de ambos os personagens: Michelle em destaque e Brau correndo para não ‘ficar para trás’.

 Dois cenários foram construídos nos Estúdios Globo para a gravação do filme, que durou um dia inteiro. Um deles tinha um túnel de LED com 4,80m de profundidade por 3m de altura (o mesmo utilizado na gravação da abertura antiga) e foi o primeiro local de encontro de Michele e Brau.

O outro foi composto por uma coluna de LED coberta por espelhos, estrutura que teve como resultado final a sensação de que Michele está em todos os lugares, já que a imagem dela se reflecte diversas vezes. “Toda a captação nesses cenários foi realizada com lente super wide, que traz o efeito de amplitude, e o resultado é bastante parecido com o que o público está acostumado a ver em videoclipes de música”, adianta Romano. O figurino utilizado na gravação também merece destaque: Taís usou cerca de 6 roupas diferentes e Lázaro aparece com cerca de 9 looks distintos.

 Romano explica também que não foram utilizados, neste trabalho, efeitos de pós-produção, ou seja, todo o material é resultado de aplicação de grafismos físicos e fotografia e cenografia reais.

“As imagens que acompanham os personagens ao fundo misturam o universo de Brau – sua afro descendência e busca pelas raízes, simbolizada por figuras geométricas e texturas mais étnicas – e o universo da Michele – cores e formas inspiradas na artista plástica Beatriz Milhazes, que compõem o clima da personagem na série”, completa Romano.

A música da abertura também segue as mudanças da nova temporada. As batidas são as mesmas, já conhecidas do público, mas ganha destaque a voz da actriz cantando ‘Eu sou Michele Brau’, junto com a de Lázaro, que se apresenta como Brau.

 Todo conceito da abertura simboliza bastante o que o público verá na série neste ano: Michele com carreira consolidada na música, uma diva do pop; e Brau tendo que aprender a lidar com conflitos internos – principalmente seu ego e vaidade – ao ver a esposa melhor posicionada do que ele na vida profissional. O empoderamento feminino e a necessidade de busca pela identidade e amadurecimento estarão muito presentes na série.

 Com emissão às terças-feiras, a nova temporada de ‘Mister Brau’ tem autoria de Jorge Furtado, direção geral de Patricia Pedrosa, Allan Fiterman e Flavia Lacerda e direção de Ricardo Spencer e Tila Teixeira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.