“Segurança Nacional” estreou a 4 de outubro nos Estados Unidos. Esta quinta-feira, Carrie Mathison e companhia regressam a Portugal, na FOX, às 23h10. [Aviso: se não quer saber nada de nada sobre os novos acontecimentos, o melhor é ficar por aqui]

Berlim será o centro da quinta temporada de “Segurança Nacional”. Segundo o canal Showtime, esta é a primeira vez que uma temporada completa de uma série de televisão norte-americana é filmada fora dos EUA.

De acordo com David Nevis, diretor do canal, a série quer "retratar fielmente" o que se passa na Europa. Ao The Hollywood Reporter, sublinhou ainda que a mudança de espaço é uma forma de "reiniciar e redirecionar" o tema central da história.

Na nova temporada, a protagonista deixa os serviços secretos e vai trabalhar para uma agência de segurança privada. Se o anúncio do afastamento de Carrie Mathison deixou tristes muitos fãs da série, a C.I.A. agradeceu. Numa crónica publicada no New York Times, a jornalista Maureen Down conversou com uma veterana da agência, Gina Bennett. A agente que deixou a C.I.A. há 25 anos criticou fortemente a personagem de Claire Danes, sublinhando que "a série pode dar uma ideia muito diferente das mulheres da agência – como nós trabalhamos, como nos relacionamos com os homens, como nos dedicamos à segurança nacional".

Porém, só durante a quinta temporada é que iremos descobrir se Carrie conseguirá ficar totalmente afastada dos serviços secretos. “Podem tirar-te da C.I.A., mas a C.I.A. nunca sai de ti”, ouve-se no primeiro episódio.

Ao contrário das temporadas anteriores, a protagonista fica muito mais próxima da filha, para quem prepara uma festa de aniversário. A nível amoroso, a ex-agente da C.I.A. encontra um novo companheiro em Berlim.

Saul Berenson também se muda para a capital alemã, depois de um ataque informático em que centenas de arquivos da agência são roubados. Na viagem, o mentor de Carrie tenta fazer com que os ficheiros não sejam publicados.

Mas Saul e Carrie - que se cruzam no primeiro episódio - não são os únicos a viajar para a Alemanha. Peter Quinn também está de volta e com ideias para combater ao Estado Islâmico.

O ISIS (grupo jihadista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, considerado um dos mais sangrentos do mundo), o ciberterrorismo e  as ações de terrorismo que promovem os objetivos dos traficantes de droga (narcoterrorismo) serão alguns dos temas abordados na nova temporada, segundo contou Lesli Linka Glatter, uma das realizadoras, ao Indiewire.

Veja na galeria as fotografias dos primeiros episódios da quinta temporada de "Segurança Nacional":

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.