Consideradas até há alguns meses ‘unha com carne’, Djamila e Elisângela já não são vistas juntas desde que a última deixou o posto de apresentadora do programa de música Tá Bater, onde fazia dupla com João Chaves.

Outro motivo, que levou os fãs a questionaram sobre a continuidade desta amizade, está associado ao facto de ambas terem eliminado das suas contas no Instagram e Facebook todas as fotos onde apareciam juntas, bem como todas as dedicatórias que revelavam o amor e o afecto entre as duas.

As duas jovens estrelas da televisão angolana eram muito próximas, mesmo antes da chegada de Elisângela Gomes à emissora televisiva.

Numa aparição no programa ZAP News, em 2017, onde aproveitaram para fazer as pazes logo após um desentendimento, as apresentadoras consideraram “normal existirem algumas desavenças”. Na altura, Elisângela chegou a chorar em pleno programa, ao ser questionada sobre o motivo que as levou a afastarem-se. Porém, tudo teria ficado (aparentemente) resolvido, tendo as duas saído do programa com a promessa de continuarem unidas.

Ao que parece, a promessa não durou muito tempo. As apresentadoras chegaram ao ponto de se ‘desamigar’ no Instagram, deixando cada uma de ser seguidora da outra na rede social.

Fontes próximas das duas revelam-se “surpresas” com o afastamento e com o facto de estas nem sequer se falarem mais.

Embora Elisângela Gomes tenha abandonado o pequeno ecrã, Djamila continua, em parceria com Kimbito, a apresentar o programa Clube Z, no canal ZAP Viva.

Confira o Instagram de Djamila e Elisangela: