«The Hour» leva-nos aos bastidores de um noticiário televisivo que no seu centro tem um competitivo e apaixonado triângulo amoroso. Trata-se de uma série fantástica que se caracteriza como sendo um thriller sexy passado no mundo do jornalismo televisivo no ano de 1956 na cidade de Londres.

«The Hour» mostra a década de 50 retratada de uma forma bastante provocante, mostrando não só as rígidas políticas sexuais que determinavam uma fachada social por detrás da qual se começam a ouvir ecos de emancipação, mas também os mais diversos eventos que redefiniram o mundo e o levaram para uma nova era.

A série centra-se na vida de três personagens centrais enquanto estas se confrontam com os seus próprios receios do futuro.

Para além da vertente profissional do jornalismo, a vertente pessoal destas personagens também é bastante explorada dando a conhecer um triângulo amoroso envolto em inveja e ambição. Deste triângulo fazem parte o promissor mas renegado jornalista televisivo Freddie Lyon (Ben Whishaw), a jovem bonita e ambiciosa produtora Bel Rowley (Romola Garai, que já está nomeada para um Golden Globe Award graças à sua interpretação) por quem Freddie está apaixonado; e o bonitão e rival de Freddie, Hector Madden (Dominic West), a cara e o líder da equipa de jornalistas. Através destas três brilhantes personagens vamos conhecer um mundo à beira de grandes mudanças que definem a forma como vivemos hoje.

Paralelamente, «The Hour» explora os duros jogos de política por detrás de uma educada fachada social e, em última instância, revela os segredos que vão derrubar o Primeiro-Ministro e redefinir as regras para uma nova geração num ano que muitos acreditam ser o da transferência de uma hegemonia europeia para dois novos super-poderes: os Estados Unidos da América e a União Soviética.

Para além das personagens centrais, a série apresenta um elenco secundário de luxo: Tim Pigott-Smith («Alice no País das Maravilhas») e a vencedora de vários prémios Juliet Stevenson («O Sorriso de Mona Lisa») como Lord e Lady Elms. Anton Lesser como Clarence Fendley, o pivot da BBC, Anna Chancellor («Quatro Casamentos e um Funeral») no papel de Lix, a corajosa e alcoólica correspondente no estrangeiro, Julian Rhind-Tutt como Angus McCain, os olhos e ouvidos do Primeiro-Ministro e Oona Chaplin na personagem de Marnie Madden, a mimada e bonita mulher de Hector.

Este drama retrata na perfeição, através de todos os seus pormenores, uma década que ficou na memória. Desde a roupa, à caraterização, aos objetos vintage, aos telepontos originais da BBC, tudo está pensado até ao último detalhe. Para além disto, a série mostra outras componentes mais chocantes que definiram esta década: o beber em exagero, o fumar, o sexo casual e o racismo.

Título Original: «The Hour»

Género: Drama

Episódios: 6 episódios de aproximadamente 55 minutos

Autor: Abi Morgan

Elenco: Ben Whishaw, Anna Chancellor, Anton Lesser, Romola Garai, Julian Rhind-Tutt, Oona Chaplin, Lisa Greenwood, Dominic West, Josh McGuire, Paul Chahidi, Robert Demeger, Tim Pigott-Smith, Juliet Stevenson, Burn Gorman, Ken Bones, John Bowe, Vanessa Kirby, Jamie Parker

Produtores Executivos: Jane Featherstone, Abi Morgan, Derek Wax

Produção: Kudos Productions Ltd. Em associação com a BBC America e a British Broadcasting Corporation (BBC)

ESTREIA: Segunda-feira, dia 19 de dezembro, às 21h25

Emissão: Segundas-feiras, às 21h25, na FOX Life

Repetição: Sábados, às 18h50 e domingos, às 23h50

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.