Através de uma publicação no Instagram, Titica informou os seguidores que já não poderá participar de nenhum programa da Televisão Pública de Angola.

A artista deixou de “boca aberta” não só os fãs como também vários colegas do showbiz ao informar que tem agora acesso barrado na TPA. No referido post, que está a ser alvo de inúmeras reacções, a autora do tema “Come Baza” fez questão de apontar o motivo por detrás da polémica agora levantada.

“Tomei conhecimento hoje, depois de ter sido convidada pelo canal público de televisão angolano, a nossa querida TPA, de que não posso voltar a entrar nem fazer parte de qualquer programa em grelha pelo facto de seu ser transexual”, admitiu.

A artista, que está a receber muitas mensagens de conforto, referiu ainda que tem encontrado muitas dificuldades na sua carreira.

“Tenho encontrado muitas dificuldades na minha carreira profissional por causa da minha opção de vida, é realmente triste que em pleno século XXI ainda encontremos pessoas com mentalidade tão pequena, é lamentável...”, afirmou.

No final da publicação, a cantora aproveitou para agradecer a todos os órgãos de comunicação que têm contribuído para a evolução do seu trabalho, afirmando que é graças a estes que é reconhecida e tem “passe livre” em várias emissoras televisivas nacionais e internacionais.

“Muito obrigada a todos pelo suporte e um obrigada em especial à TPA pela discriminação e pelo desrespeito à minha pessoa”, rematou.

De relembrar que, em 2018, a Titica foi uma das convidadas especiais da festa de comemoração do 43.º aniversário da Televisão Pública de Angola.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.