Os nomeados nas duas categorias serão conhecidos brevemente, bem como o anúncio do dia do início da votação, que será feita em plataforma específica electrónica.

Desta feita, foram nomeados, para a Categoria Música, a melhor música urbana, moderna/tradicional, o melhor cantor/cantora, o show ao vivo Zap Viva e a melhor música 2019/2020.

Para a categoria televisão “Zap Viva” foram nomeados os melhores apresentador/apresentadora, repórter, programa de entretenimento, programa da actualidade e de talentos.

À semelhança de outros eventos, os mais votados serão os vencedores e receberão o galardão “Globos/Zap”, numa gala, sem plateia, a decorrer de forma virtual, tendo em conta as medidas de prevenção da Covid-19.

De acordo com o jornalista coordenador do canal Zap Viva, Jorge Antunes, que interveio na conferência de imprensa, a votação é abrangente, sobretudo para aqueles que se encontram no exterior, como Moçambique e Portugal, que acompanham os serviços do referido canal.

“A perspectiva é de crescer não apenas para estas duas categorias, mas sim para mais outras, quem sabe, não só nacional, mas também para outros países”, assegurou Jorge Antunes.

Representada nas 18 províncias do país, além do estrangeiro, a Zap conta mais de mil e 500 colaboradores, que prestam serviço a mais de 1.5 milhões de casas, de acordo com a sua coordenadora da unidade de televisão, Catarina Natavira.

Catarina Natavira considerou ser oportuna a homenagem aos músicos e apresentadores, pelo facto de os mesmos contribuírem para a manutenção das audiências, mesmo sabendo dos riscos de contaminação da Covid-19.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.