Bakenmut escolhe outro escravo e Arão e Nadabe ficam aliviados. Oseias sente-se culpado pelo ocorrido. Yunet é vista como louca por pessoas na rua. Ana está desesperada ao pensar que Oseias está morto. Emocionado, Arão abraça Nadabe e Abiú aliviado por eles não terem sido escolhidos.

Henutmire conversa com Hur e diz estar decepcionada com a intolerância do irmão. Corá denuncia a reunião na casa de Anrão a Apuki. Menahem discute com Anibal e Moisés tenta acalmá-los. Zípora e Adira apresentam Baruk aos netos.

Judite aconselha Ana a esquecer Oseias. Apuki avisa o faraó que os escravos estão a fazer reuniões noturnas e Ramsés diz, em tom ameaçador, que os escravos terão o que merecem. Anibal pede perdão a Baruk. Oseias reencontra Arão e os irmãos.

Nefertari confessa a Karoma que se sentiu abandonada por Moisés. Yunet surpreende Ahmós ao começar a dançar no palco da Casa de Senet. Jerusa, Adira e Zípora lamentam a ausência de Betânia. Anrão começa a discursar durante o encontro, mas os hebreus são surpreendidos com a chegada do oficial Bakenmut.

Anrão explica que a reunião é para clamar o Deus dos hebreus. Bakenmut comunica que todos receberão menos porções de trigo como forma de punição. Joquebede reclama do castigo, porém Bakenmut ameaça cortar a distribuição de comida caso haja um novo encontro. Corá vê Ana a conversar com Oseias e descobre que os dois estão a combinar um encontro.

Karen fica radiante ao encontrar Meketre e beija-o. Baruk e Anibal demonstram surpresa ao reencontrarem Menahem bem-sucedido. Moisés revela a Zípora que gostaria de saber como estão os familiares que deixou no Egito. Leila fica emocionada ao escutar o relato de Bezalel sobre o clamor que o povo fez a Deus, mesmo depois da repreensão dos egípcios.

Ana mente a Judite ao dizer que não conseguiu falar com Oseias. Jetro elogia Menahem por ajudar Anibal a livrar-se das dívidas. Adira e Zípora decidem procurar por Betânia. Moisés vai até o Monte Sinai resgatar uma ovelha perdida e fica espantado ao ouvir um chamado de Deus. Moisés mostra espanto ao ouvir seu nome diante da Sarça Ardente. Ele ouve as palavras de Deus, ainda impressionado e impactado.

Corá, mal intencionado, conta a Apuki que Ana esteve na reunião dos hebreus e que ela e Oseias combinaram de se encontrar no rio. Adira e Zípora vão até a barraca da adivinha para ter alguma notícia da irmã. Ana e Oseias encontram-se. Nefertari lembra os momentos com Moisés e fica irritada. Anibal e Baruk ficam agradecidos a Moisés, quando Menahem chega com o pagamento da dívida do irmão.

Ana e Oseias conversam e trocam olhares apaixonados, quando são surpreendidos com a presença de Apuki muito irritado. Apuki vai até à obra alertar Anrão que, se Oseias não se afastar de Ana, ele o matará. Estranhando o comportamento de Moisés, Zípora questiona o marido que, confuso, não sabe como contar o ocorrido. Assustada, Zípora procura entender o chamado recebido por Moisés.

Arão fica furioso ao saber que Oseias se envolveu com a filha do seu inimigo. Jetro reage surpreso com a notícia que lhe é contada por Moisés. Arão questiona Deus sobre o sofrimento do seu povo e é surpreendido por uma voz que chama pelo seu nome. Pasmo, Arão cai de joelhos. Deus diz para o hebreu ir ao encontro de Moisés, que voltará ao Egito para libertar o seu povo. O feitor diz a Ana que se ela continuar a encontrar-se com Oseias, que o matará, assim como fez com Num. Arão conta à sua família sobre a conversa com Deus e deixa todos surpresos.

Zípora surpreende Moisés ao dizer que irá partir junto dele. Ramsés pede que todos os servos hebreus que vivem no palácio sejam reunidos para provarem que lhe são leais. Apuki bate em Judite e culpa-a pela atitude da filha. Ana interrompe e pede para apanhar no lugar da mãe. Moisés diz aos filhos que todos irão para o Egito. Arão decide partir. Zípora comunica às irmãs que irá para o Egito com Moisés e as crianças.

Menahem diz a Moisés que ficará em Midiã enquanto ele estiver fora. Moisés fica preocupado com o tipo de governante que Ramsés se transformou. Ramsés reúne os servos hebreus e pede que todos se curvem perante o soberano.

Oseias sofre de amor por Ana. Henutmire diz a Hur que Ramsés está mais cruel do que nunca. Arão reúne os filhos para se despedir. Apuki comemora a ida de Ana para o palácio, como dama de Nefertari, mas a moça está inconsolável. Anrão, Oseias e Nadabe acompanham Arão na sua fuga.

Arão despede-se de todos e parte. Moisés confessa a Jetro que está apavorado com a volta para o Egito, mas o pastor diz que Deus o preparou para isso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.